quarta-feira, 28 de janeiro de 2015

ANDRESSA URACH TEM CRISE DE PÂNICO E INTERROMPE TRATAMENTO MÉDICO.

Nesta quarta-feira (28), Andressa Urach faltou ao tratamento que tem feito no Hospital Conceição, em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, contra a bactéria contraída na perna durante sua internação. O motivo? A Vice Miss Bumbum 2012 teve uma crise de pânico.

A informação foi dada no programa de Sônia Abrão, “A Tarde é Sua”, da RedeTV!
No entanto, não se sabe o que ocasionou a tal crise e nem quando a loira retomará o tratamento.
Vale lembrar que recentemente a modelo disse estar pagando muito caro por suas atitudes do passado, dentre elas um suposto pacto que fez em um centro religioso para conquistar fama e fortuna.

“Tinha consulta com uma senhora que comandava um centro. Ela me dava banhos de perfume e de sal para me limpar. Pedia para os orixás tudo o que queria: o sucesso, o bom carro, o apartamento, consegui tudo. Eu paguei muito caro por isso. A promessa que fiz com a minha pombagira na época foi que, para cada R$ 1 mil que eu ganhasse, eu daria uma champanhe a ela. Fora os R$ 5 mil da festa de final de ano do centro espírita que eu também dava. Para celebrar os trabalhos que conquistava na televisão, doava R$ 3 mil", relatou.
E continuou: "Também fiz mal para algumas pessoas, fazendo trabalhos para elas se afastarem de mim. A senhora que comandava o centro dizia o nome da pessoa, e eu fazia o trabalho para mantê-la longe”.
O problema de saúde de Andressa UrachEm 29 de novembro de 2014, Andressa Urach foi internada no Hospital Conceição, em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, com quadro de sepse por conta de aplicações exageradas de hidrogel nas pernas.
A partir daí, o quadro da jovem se agravou e ela chegou a correr risco de vida.

SEMPRE!!


PARA REFLETIR.

BBB.

Francieli culpa a produção do ‘BBB 15’ pela eliminação.

Francieli BBB 15 (Foto: Divulgação/Globo)
Eliminada no primeiro paredão do “Big Brother Brasil 15”, Francieli afirmou que a culpa por sua eliminação precoce foi da produção do programa. Para ela, o fato de Marco ter sido confinado depois de todos os outros participantes a prejudicou no jogo.
— Eu sempre corro riscos. Ou você vai gostar muito de mim ou não. Mas o erro de eu ter saído não foi meu, e sim da produção que colocou pessoas com informações lá dentro. Eu não falei que iria esfaquear ninguém, e ele entrou lá falando que eu ia dar facada nas costas de cada um. Não foi isso o que eu quis dizer. Eu sempre disse que não teria amigos, porque meus amigos são poupanças. São de mais de 15 anos — criticou a conciliadora criminal. Assustada com o tamanho da repercussão do programa após poucos dias de seu início, a agora ex-BBB confessou que entrou na casa para ganhar dinheiro e que, assim que puder, vai voltar para a casa dela e sua rotina ao lado do marido. — Sou uma pessoa muito fechada, muito intimista, até meu Facebook é fechado. Não sou de mídia. Só pensei em entrar no programa por causa do dinheiro. Aconteceram coisas na minha vida financeira e na do meu marido. Eu queria acabar de pagar o apartamento, comprar coisas e viver melhor. O objetivo era ficar estável para poder engravidar. Esta foi a terceira vez que me inscrevi — conta Francieli, que apesar disso não cogita fazer ensaio nu. Não quero fama, não estou preparada para virar ex-BBB. 

CURIOSIDADE.

Depois de tatuar os olhos, jovem decide implantar dois chifres na testa

Bruno Siqueira, de 18 anos, trabalha como tatuador em Guarapuava, no PR.
Ele tem piercings, tatuagens, língua bifurcada e branco dos olhos tatuado.

Alana FonsecaDo G1 PR, em Guarapuava
Jovem de 18 anos implantou dois 'chifres' de silicone na testa (Foto: Alana Fonseca/G1)Jovem de 18 anos implantou dois 'chifres' de silicone na testa (Foto: Alana Fonseca/G1)
Depois das inúmeras tatuagens, dos piercings e dos alargadores, de colorir o branco dos olhos de preto e da língua bifurcada, Bruno Siqueira, de 18 anos, ainda não se sentia satisfeito com a aparência. Foi, então, que o jovem decidiu implantar dois chifres de silicone na testa em janeiro.

Sequência de modificações corporais
“Todos os dias, alguém me diz que eu devo seguir caminho de Deus. Não é porque implantei 'chifres' que não tenho fé, que quero me parecer com o diabo. Coloquei e creio em Deus, sim", afirma. Bruno mora em Guarapuava, na região central do Paraná, onde trabalha há dois anos como tatuador.
Colocar alargadores no nariz foi o que mais doeu até agora, segundo Bruno (Foto: Arquivo pessoal)
A primeira modificação corporal foi aos 11 anos, quando Bruno colocou o primeiro piercing, no nariz. Em seguida, vieram as tatuagens. As estrelas tatuadas em uma das coxas, aos 13, foi o primeiro contato que o jovem teve com a introdução de pigmentos por agulhas. “Hoje, sei que tenho pelo menos oito piercings. Quanto às tatuagens, já perdi as contas. No rosto, sei que são quase 20”, afirma.

Depois dos piercings e das tatuagens, Bruno decidiu fazer  modificações mais radicais. Ele colocou dois alargadores, um em cada lado do nariz. O procedimento foi feito com o auxílio de um bisturi, em 2014. “Foi o procedimento que mais doeu até agora”, revela.
No ano passado, o jovem também injetou tinta na camada de proteção dos olhos, técnica conhecida por “eyeball tatoo”. “Chorei lágrimas pretas por dois ou três dias”, lembra. A tatuagem foi feita de graça, no Rio de Janeiro, durante um tempo em que Bruno passou trabalhando no estado. "Foram 20 minutos para pintar cada olho. Uma agonia", define.
Ele conta que viu a técnica de tatuar o branco dos olhos pela primeira vez na televisão, em 2007. Desde então, ele não tirou a ideia da cabeça. Para a Sociedade Brasileira de Oftalmologia (SOB), o procedimento invasivo é desaconselhável e pode causar inflamação interna, levando à perda da visão.
Em 2014, a língua do jovem também passou por uma modificação. Agora, após a operação, ela é bifurcada; a característica é comum aos répteis. A repartição foi feita com a ajuda de um bisturi e, depois, foram dados alguns pontos. “Tive que ficar sem beijar por um bom tempo. Mas valeu a pena”, garante.
O jovem tem a língua bifurcada e o branco dos olhos tatuado com a cor preta (Foto: Arquivo pessoal)A última modificação que Bruno fez no corpo foi a implantação de dois “chifres” na testa, sem nenhum tipo de anestesia. “A pele é cortada, descolada e, então, são colocados os implantes. Depois são dados alguns pontos. Ainda dói um pouco porque é uma operação recente”, conta.
Jovem tatuador tem a língua bifurcada e o olhos tatuados de preto desde 2014 (Foto: Arquivo pessoal)
Saída de casa
Logo que colocou os primeiros piercings e fez as primeiras tatuagens, Bruno teve que sair da casa da família. “Eles não aceitavam muito. Eu não tinha lugar fixo; às vezes, ficava na casa de amigos ou por aí”, relata. Só aos 16, quando começou “a viver de tatuagem”, como ele mesmo diz, é que pôde bancar sua casa própria.

Bruno não sabe dizer quantas tatuagens, ao todo, tem (Foto: Arquivo pessoal)
Bruno não sabe dizer quantas tatuagens, ao todo,
tem espalhadas pelo corpo (Foto: Arquivo pessoal)
Hoje, ele mora com a gata Laurinha em uma casa no bairro Morro Alto. Em abril, a filha Sophi deve nascer. Segundo ele, se um dia a menina pedir para fazer uma tatuagem ou por um piercing, ele garante que não será contrário. “Mas só quando ela for madura o suficiente”, explica.
Depois de um tempo, os parentes de Bruno passaram a aceitar a aparência do jovem. Ele conta que as crianças da família, principalmente, não apresentam nenhum tipo de estranhamento. “É engraçado ver como elas não têm preconceito e ainda acham o máximo”, afirma.
Preconceito
Entretanto, o preconceito de pessoas desconhecidas faz com que Bruno, às vezes, se sinta mal. “Nas ruas, as reações são diversas: há quem fique olhando, há quem ri, há quem venha falar sobre Deus comigo, há quem queira tirar fotos, há quem me chame de gay...”, diz.

O tatuador conta que evita locais e ruas muito movimentados justamente por causa das reações negativas de algumas pessoas. “Elas não estão preparadas para o diferente. E eu sou diferente”, acredita. Bruno relata que, quando vai ao mercado, há sempre um segurança que o segue e olhares desconfiados. “Chega a ser constrangedor, parece que eu sou um bandido”, desabafa.
'Eu quero viver de tatuagem, não me imagino fazendo outra coisa', diz Bruno (Foto: Arquivo pessoal)
Próxima vontade
Ignorando o preconceito, o jovem diz que a sua próxima vontade é a suspensão corporal. “A suspensão corporal consiste em suspender o corpo por meio de ganchos passados através de perfurações na pele”, explica. As perfurações são temporárias e abertas um tempo antes de o ato ser realizado.

Bruno concluiu o Ensino Médio, não fez faculdade e, por enquanto, não faz planos de frequentar uma. “Eu quero viver de tatuagem, não me imagino fazendo outra coisa na vida. E quanto ao meu corpo, o que eu tiver que fazer para me sentir bem, vou fazer”, conclui.
'Eu quero viver de tatuagem, não me imagino fazendo outra coisa', diz Bruno (Foto: Arquivo pessoal)

VEJA O VÍDEO.

ATENÇÃO.

Imagens fortes: Criança cai no rio e corpo é achado com sinais de ataque de piranha no PA
Foto: Divulgação
Adrila teve parte do corpo devorado por piranhas
Uma criança de 6 anos morreu após naufrágio de uma pequena embarcação que aconteceu por volta das 14h desta terça-feira (27), no Rio Maicuru, na comunidade Cauçu, em Monte Alegre, oeste do Pará. Quando Adrila Muniz foi encontrada ela já estava morta e parte do corpo estava com sinais de ataque de piranhas.

Segundo relatos de familiares, Adrila estava com outras crianças e a avó em uma canoa que virou. A avó tentou salvar a menina, mas não conseguiu segurá-la.

Moradores da comunidade iniciaram as buscas logo após o ocorrido e encontraram o corpo. A suspeita dos familiares é que a menina tenha se afogado e depois foi atacada por piranhas.

O corpo foi levado para o necrotério do Hospital Municipal de Monte Alegre e já foi liberado para a família.

Adrila morava na comunidade de Cupim, no município de Prainha e estava passando férias com os avós na comunidade Cauçu.

Atenção: Imagem forte:

Foto: Divulgação

VOCÊ SABIA.

PARANÁ - "Salário de deputados vai a R$ 25,3 mil no estado"

Mariana Franco Ramos – Folha de Londrina: Naquele que deve ser um dos últimos atos de sua gestão, o presidente da Assembleia Legislativa (AL) do Paraná, Valdir Rossoni (PSDB), autorizou o já esperado aumento de 26,35% nos vencimentos dos 54 deputados estaduais que assumirão seus mandatos a partir de 1º de fevereiro. O Ato da Mesa Executiva que oficializa o reajuste foi publicado na edição de ontem do Diário Oficial da Casa. Conforme o documento, os salários dos parlamentares passarão dos atuais R$ 20 mil para R$ 25,32 mil. O impacto estimado nas contas públicas é de aproximadamente R$ 3,42 milhões por ano. Isso sem contar as outras verbas as quais os membros da AL têm acesso, como as despesas de custeio (R$ 31,47 mil mensais cada). Para que o acréscimo entrasse em vigor no próximo domingo, data da posse dos eleitos, o despacho precisava ser assinado por Rossoni, pelo primeiro secretário da Casa, Plauto Miró (DEM), e pelo segundo secretário, Ademir Bier (PMDB), até 31 de janeiro, quando se encerra a 17ª Legislatura (2011 a 2014). Não é exigida a sanção do governador Beto Richa (PSDB). Tanto a Constituição Federal, em diversos artigos, como a Estadual, no 54, estabelecem que os vencimentos dos membros da AL sejam equivalentes a no máximo 75% do que recebem, em espécie, os parlamentares em Brasília. Com o passar do tempo, porém, o teto acabou virando regra.

LIDIANÓPOLIS.


NO LIDIÃO.

LUTO NA MUSICA.

Morre aos 69 anos o cantor grego Demis Roussos.


O cantor grego Demis Roussos morreu na noite de sábado, aos 69 anos, em sua casa na Grécia, informou nesta segunda-feira sua família. A filha do conhecido músico, Emily, confirmou a notícia ao jornal francês "Le Figaro". O jornalista e apresentador greco-francês Nikos Aliagas, próximo do falecido artista, disse através de sua conta no Twitter que a morte ocorreu em Atenas. "Acabo de ser informado sobre a morte do meu amigo Demis Roussos, na noite de sábado para domingo, em Atenas. Profunda tristeza por um grande artista", escreveu Aliagas. Segundo os meios de comunicação franceses, a família de Roussos preferiu esperar até hoje para revelar a notícia de modo que esta não coincidisse com o histórico dia das eleições nacionais vivido ontem na Grécia, quando a coalizão esquerdista Syriza venceu com ampla grande maioria. A cantora grega Nana Mouskouri disse estar "muito emocionada" pelo falecimento de Roussos, de quem assegurou ser uma grande amiga, em entrevista à televisão francesa "BFMTV". Nascido em Alexandria (Egito) em 1946 em uma família grega de confissão ortodoxa, Artemios Ventouris Roussos retornou à terra helena aos 12 anos e se iniciou no mundo da música nos anos 60, primeiro como humilde trompetista de bar, depois em um conjunto e finalmente sozinho, com grande êxito na década de 1980. Roussos, que teve grande parte de sua popularidade na França, fez parte do Aphrodite's Child. Após a dissolução da banda em 1971, lançou sua carreia como solista, se consagrando em 1973 com o disco "Forever and Ever" e convertendo-se dez anos mais tarde em uma estrela internacional com cerca de 60 milhões de discos vendidos no mundo todo. Roussos, que fisicamente será lembrado por sua barba e cabelo compridos brancos, colocou sua voz suave e melódica a serviço do amor, com canções como "Quand je t'aime", "Mourir auprès de são amour" e "Loin dês yeux loin du coeur". O músico publicou cerca de 30 álbuns ao longo de sua carreira, com canções em grego, francês, alemão, inglês e espanhol. O último deles chegou às lojas em 2009, quando o músico tinha 63 anos. Tinha decidido se afastar da música e dos palcos e retornar a viver na Grécia.



MAIS INFORMAÇÃO.

Corpo é retirado de velório em Luiziana após denúncia de homicídio

O corpo de Teodoro Vaz, 70 anos, foi encontrado dentro da residência na manhã de segunda-feira (26), por uma neta do idoso que chegou ao local e já encontrou o avô em óbito. De acordo com informações de familiares a morte por infarto foi atestada por um enfermeiro que foi chamado junto com a Polícia Militar. O corpo de Teodoro Vaz foi liberado aos familiares. Segundo relatos, no momento em que se realizava o velório na residência do idoso localizado na rua Ramalheira, um telefonema à família mudou o rumo da história. Rogério Mendonça, genro da vítima, contou que uma mulher ligou para a família e contou que sua filha havia assassinado o aposentado, ela contou que recebeu uma ligação da filha conhecida apenas como Eliane dizendo que havia tirado a vida do idoso e que estava fugindo da cidade. Familiares perceberam que havia sumido da residência do aposentado, dois celulares, um facão, uma corrente de ouro, uma bíblia e uma bolsa. O velório foi interrompido por volta das 22h pela polícia civil que esteve no local para iniciar as investigações, o corpo de Teodoro Vaz foi retirado da casa e encaminhado ao Instituto Médico Legal de Campo Mourão para perícia. Após colher todas as informações, investigadores da Polícia Civil junto com policiais militares iniciaram buscas pela cidade e descobriram que a acusada havia fugido para Roncador, onde segundo relatos de familiares, durante a madrugada dessa terça-feira (27) foi presa. (inf Maritania Forlin) Maringá Manchete

RAIO.

Mulher sobrevive à queda de raio em Maringá.

Uma mulher de 28 anos sobreviveu à queda de um raio dentro da casa onde mora no distrito de Floriano, em Maringá, na tarde de segunda-feira (26). De acordo com o Corpo de Bombeiros, a moradora ficou levemente ferida, já o filho dela, de apenas quatro anos, nada sofreu. Depois de retirar todos os aparelhos eletrônicos da tomada, Josiane Aparecida Mendes se refugiu do temporal em um dos quartos da residência, justamente o cômodo que foi atingido pela descarga elétrica. O raio queimou a fiação elétrica e destruiu parte do teto. Em entrevista à uma emissora de TV, a moradora relatou o susto. "Eu vi a morte chegando. Eu senti o coração acelerar, a cabeça parecia que ia explodir, fiquei meio surda na hora", disse ela. "Chamei meu filho para saber se ele tava bem e ele gritou 'mãe, você tá pegando fogo'". Neste momento, a mulher percebeu a fumaça saindo do próprio corpo. O Corpo de Bombeiros foi acionado e realizou uma vistoria no imóvel. Nenhum outro problema foi identificado na rede elétrica. Rosângela Gris

FISCALIZAÇÃO.

Peixes irregulares são apreendidos em mercado de Sarandi

Em uma ação de fiscalização da Polícia Ambiental Força Verde de Maringá, os policiais flagraram comércio irregular de pescados em um mercado de Sarandi na terça-feira (27). Segundo a Polícia, no local, que não foi divulgado, foi feito contato com o proprietário do estabelecimento e solicitada a nota fiscal de origem do produto, bem como o documento de declaração de estoque pesqueiro, conforme Instrução Normativa nº 25, de 1° de setembro de 2009. No artigo 11, diz-se que "O produto da pesca oriundo de locais com período de defeso diferenciado ou de outros países, deverá estar acompanhado de comprovante de origem, sob pena de apreensão do pescado e dos petrechos, equipamentos e instrumentos utilizados na pesca. Parágrafo único: Entende-se por comprovante de origem, o documento emitido pelos órgãos federal, estadual, municipal, colônia de pescadores ou pescador devidamente registrado." Já o artigo 13 diz que "Fixar o segundo dia útil após o início do defeso como o prazo máximo para declaração ao IBAMA ou órgão estadual competente, dos estoques de peixes in natura, resfriados ou congelados, provenientes de águas continentais, armazenados por pescadores profissionais e os existentes nas colônias e associações de pescadores, nos frigoríficos, nas peixarias, nos entrepostos, nos postos de venda, nos hotéis, nos restaurantes, nos bares e similares. Parágrafo único. O produto de que trata este artigo deverá estar acompanhado das respectivas notas fiscais". Diante da falta dos documentos de porte obrigatório, o proprietário do mercado foi detido e encaminhado para a delegacia de Polícia Civil de Sarandi para a lavratura do flagrante delito. Os peixes apreendidos foram destinados para doação. Larissa Ayumi Sato

IDENTIFICADO.

Homem morto por garota de programa é identificado

Foi identificado no Instituto Médico Legal de Maringá o corpo do homem que foi assassinado a facadas no dia 19 no centro de Maringá. Lorival Pires de Arruda de 40 anos estava sem identificação desde do dia do crime. Um funcionário de um pensionato compareceu no IML e reconheceu a vítima. Lorival Pires foi ferido por um golpe de faca pela garota de programa Luci Gonçalves Mendes de 27 anos que foi presa logo em seguida por uma equipe da polícia militar de Maringá. Houve uma discussão entre a garota de programa e o suposto cliente, agressão física da parte do homem e a mulher revidou com um golpe de faca atingindo o peito da vítima que morreu minutos depois no hospital. A delegacia de homicídios confirmou que a família de Lorival reside no estado de São Paulo. A autora do crime continua presa na delegacia de Maringá. andre almenara

QUADRILHA.

MAIS UMA AGÊNCIA DETONADA POR BANDIDOS NO PARANÁ :

A imagem enviada por um correspondente via WhatsApp é da agência do Bradesco de Piraquara, na região metropolitana de Curitiba, onde criminosos armados com fuzis explodiram, segundo as informações, durante esta madrugada (27). Na ação os bandidos ainda teriam atirado contra uma viatura da Polícia Militar (BPDG), que foi atingida pelos disparos. Felizmente nenhum policial ficou ferido e os criminosos fugiram. Ainda segundo as informações, no local foram encontradas capsulas de fuzil calibre 556 e 762.

NOTICIA POLICIAL.

POLÍCIA APREENDE CARGA DE CIGARROS E AINDA RECUPERA VEÍCULO FURTADO EM MARINGÁ :


Na tarde desta segunda-feira (27), por volta das 15h48min, Policiais Militares do Serviço Reservado de Cianorte, repassaram informações de que na tentativa de realização de abordagem a um veículo Hyundai, modelo I30, de cor preta, emplacamento de Curitibao mesmo empreendeu fuga em alta velocidade pela Rodovia PR 323, sentido a cidade de Tapejara.
Com base nas informações, as equipes de Rádio Patrulha seguiram pela PR-567 sentido São Lourenço, rodovia em que se depararam com o veículo empreendendo fuga. Os policiais de Cianorte iniciaram o acompanhamento tático e com o apoio da PM do município de Jussara, do distrito de São Lourenço e da equipe ROCAM, realizaram o cerco.
O condutor do veículo perdeu o controle da direção, adentrando em uma plantação de cana-de-açúcar, localizada às margens da rodovia, onde seu condutor desembarcou do veículo e se embrenhou no meio da plantação de cana.
As equipes iniciaram as buscas a pé, ocasião em que constataram que o veículo estava com seu interior repleto de caixas de cigarros contrabandeados do Paraguai, aproximadamente 36 (trinta e seis) caixas, correspondente a 18.000 (dezoito mil) maços de cigarros, porém seu condutor após horas de buscas não foi localizado.
Na continuidade, as equipes encaminharam a carga de cigarros e o veículo até a sede da PM de Cianorte, onde foi feito um levantamento  minucioso a respeito do veículo, que através da numeração do chassi foi constatado que se tratava de um veículo furtado no dia 24/11/2014, na cidade de Maringá.
O veículo recuperado foi encaminhado à 21ª Subdivisão de Polícia Civil de Cianorte para ser entregue ao seu proprietário e a carga de cigarros contrabandeados, encaminhada ao depósito da Receita Federal de Maringá.

OLHA ESSA.

PALHAÇADA - HOMEM SOBE EM PÉ DE ABACATE E AMEAÇA SE JOGAR:

Um homem de aproximadamente 40 anos, que atende pelo nome de Marcos, subiu em um pé de abacate em Goioerê, na esquina da Avenida Tiradentes com a Rua Ponta Grossa, por volta das 14 horas de ontem (26), e ameaçou se jogar de uma altura estimada de 20 metros.
As equipes do Corpo de Bombeiros e da Polícia Militar foram acionadas e iniciaram as negociações com o homem, para que ele descesse da árvore. Foram aproximadamente três horas de tensão, até que ele descesse a uma altura que pôde ser alcançado pelos bombeiros. Uma equipe dos bombeiros de Campo Mourão chegou a ser acionada para auxiliar nos trabalhos.
O homem, que aparentemente tem problemas mentais, passava do pé de abacate para um pé de manga, pela copa das árvores, dependendo da situação e no início chegou a atirar abacates nos bombeiros que faziam a negociação.
Para impedir que Marcos continuasse passando de uma árvore para outra, os bombeiros cortaram um galho do pé de abacate que permitia que ele fosse ao pé de manga, e ele ficou confinado no pé de manga.
Depois de intensas negociações, o homem concordou em descer do pé de manga, mas quando estava a cerca de dois metros do chão, resolveu voltar. Neste momento, contudo, um bombeiro já tinha subido na árvore e impediu que ele retornasse para a copa, e como estava em uma altura baixa, os bombeiros alcançaram o conseguiram resgatá-lo.
Marcos foi encaminhado para o Pronto Socorro da Santa Casa. Ele não tem familiares, nem residência fixa em Goioerê e já passou por situação semelhante no ano passado, quando subiu no telhado de uma casa e ameaçou se jogar, mas foi controlado por policiais militares.

TAXA.

BRASIL - "Taxa do cheque especial vai a 200,6% ao ano"

FOLHAPRESS - A taxa média de juros no cheque especial chegou a 200,6% ao ano em dezembro do ano passado, segundo o Banco Central. Esse é o maior percentual desde fevereiro de 1999, quando o juro nessa modalidade estava em 204,3% ao ano. Durante esse período, o cheque especial chegou a cair a 136,3% ao ano, marca atingida em maio de 2013. Esse foi o menor valor das estatísticas do BC, que começam em julho de 1994 para essa taxa. Naquela época, o juro dessa modalidade atingiu o pico de 294% ao ano. O BC informou ainda que a taxa média do crédito ao consumo chegou a 43,4% ao ano em dezembro de 2014. Houve ligeira queda em relação ao dado de novembro (44,1% ao ano). Inadimplência A inadimplência à pessoa física no crédito com juros definidos livremente pelo mercado recuou de 6,7% para 6,5% entre o fim de 2013 e de 2014. O valor está próximo ao mínimo registrado pelo BC, que foi de 6,3% em março de 2011, início da série histórica para esse dado. No cheque especial, as dívidas em atraso correspondem a 11,2% dos empréstimos, maior percentual verificado nesse mesmo período.

MUNDO.

Mulher de 72 anos é condenada após tentar cortar o pênis do marido.
Foto: Reprodução / Internet
A acusada foi condenada a cumprir 420 horas de serviço comunitário e três anos de condicional
Virginia Valdez se declarou culpada da acusação de agressão em 2011. Ela vivia com Cesar Valdez, que tinha 62 anos na ocasião, em Palm Springs, na Califórnia, EUA.


A acusada foi condenada a cumprir 420 horas de serviço comunitário e três anos de condicional. A vítima alegou que aceitou o acordo para que pudesse “seguir em frente”. Mesmo assim, ele alegou que o fato de ter sido a mulher a criminosa fez com que a pena fosse mais branda.

Foto: Reprodução / Internet

“Não tenho dúvidas de que se eu fosse o agressor e não a vítima o caso teria sido resolvido mais rapidamente”, disse. O homem tentou chamar a atenção para o fato de que os homens também podem ser vítimas de ataques de suas companheiras.

Os dois eram casados há 32 anos, e passavam por um momento de divórcio na ocasião.



Cesar chamou a polícia após ser atacado. Ele lutava contra a dor e o sangramento causado pela mulher. O homem foi hospitalizado e liberado na mesma noite.

NOTICIA POLICIAL.

Rio Bonito - Como a família Casagrande foi morta? Bandidos contam todos os detalhes para a polícia. 

 
    Rio Bonito - Como a família Casagrande foi morta? Bandidos contam todos os detalhes para a polícia
    O delegado Laranjeirense Pedro Fernandes teve acesso ao primeiro depoimento colhido na cidade de Londrina, dos três latrocidas presos no último domingo dia 25, os quais confessaram os três assassinatos da família Casagrande em Rio Bonito do Iguaçu.

    Os três elementos contaram a mesma versão.

    Relataram que foram até à casa da família porque uma pessoa conhecida teria comentado com um dos envolvidos, o menor, de que o Sr. Elias teria feito algumas vendas de animais e teria cerca de 30 mil reais guardados na casa.

    Porém quando os bandidos estavam no interior da residência, o casal Elias e Izabel chegaram acompanhados do netinho. Como os bandidos eram conhecidos da família Casagrande, eles então decidiram matar o casal.

    Os assassinos contaram que colocaram o Sr. Elias no bagageiro do veículo Astra e a Sra. Izabel com a criança foram colocados no banco traseiro do carro, sendo vigiados por Josiel (Polaco).

    Ao chegarem à Linha 5 (APRA), Josiel ficou no carro com a criança e Valdomiro juntamente com o menor, levaram o casal para o meio do mato, onde simultaneamente, o menor atirou na cabeça de Elias e Valdomiro atirou na cabeça de Izabel.

    Após o casal ser assassinado, o trio decidiu que não matariam a criança, que iriam deixá-la às margens da BR, mas chegando ao local (entrada da Vila Velha), o trio decidiu matar a criança.

    Josiel então desceu do carro e levou a criança para traz de uma casa desabitada e desferiu uma paulada na cabeça. Josiel contou no depoimento que a criança não morreu na hora, teria ficado respirando, mesmo assim eles deixaram a criança no local e foram até a casa do casal Arnaldo Simão da Costa e Suzana dos Santos Ramos, na comunidade N. Sra. Aparecida.

    Segundo os bandidos, “Nardo” não sabia do crime, mas como “Nardo” estava com um parente doente em Alvorada do Sul, aceitou o convite para ir junto com o trio. Antes de sair, o trio deixou duas espingardas na casa de “Nardo”.

    Os latrocidas Josiel Michaelsen de Souza, de 27 anos, Valdomiro do Prado, de 23 anos e o menor de 16 anos, foram presos na manhã de domingo dia 25, pela Polícia Militar da cidade de 1º de Maio, próximo à Londrina e os corpos também foram encontrados no domingo.

    Josiel e Valdomiro já foram transferidos para a Penitenciária Estadual de Cascavel (PEC) e o menor foi internado no CENCE.

    Até a próxima sexta dia 30, o delegado chefe da 2ª SDP Pedro Fernandes deve ir até Cascavel para ouvir os presos.

    VEJA A NOTICIA.

    PM encontra tanques de guerra durante operação para recuperar carga roubada em SP

     Foto: Reprodução Tv Globo e arquivo pessoal 
    SÃO PAULO - Policiais Militares da Rota apreenderam dois tanques de guerra do Exército em um galpão que abrigava produtos roubados, no bairro Vila Independência, na região do Sacomã, Zona Sul, na noite desta segunda-feira. A polícia havia recebido uma denúncia anônima de que um depósito de mercadorias roubadas e um desmanche de veículos funcionaria naquele endereço. Ao chegar no local, encontrou dois tanques de guerra junto a 500 televisores roubados. Os aparelhos de TV, avaliados em R$ 900 mil, aproximadamente, foram roubados recentemente, na rodovia Anhanguera, em São Paulo.

    Um dos tanques, de acordo com a polícia, aparenta estar em bom estado, tem numeração, mas está sem o sistema de armamento. Uma carcaça de outro tanque foi achada nos fundos do galpão. Nenhuma deles está com o sistema de armamento, segundo a PM. No local, ainda foi encontrado um caminhão semi-reboque que havia sido roubado no litoral paulista dias atrás, com um conteiner lotado de peças de veículos.

    VEJA.

    Carne Sustentável do Pantanal já é encontrada em supermercados

    O gado criado solto na região do Pantanal oferece uma carne livre de agrotóxicos e adubos químicos o que muito interessa aos que optam por uma alimentação 100% saudável já que a alimentação dos animais é feita em áreas apropriadas para o manejo sustentável, o que faz total diferença na hora da carne chegar ao prato do consumidor.

    A Carne Sustentável do Pantanal já está chegando a diversos pontos de venda nos grandes centros.

    Esta novidade nasceu da parceria entre a WWF-Brasil e a ABPO em 2003 quando a organização iniciou um trabalho de apoio À produção da pecuária orgânica do Pantanal, uma ação pioneira para uma ONG ambientalista.

    “A promoção deste produto vai ajudar a obter resultados de conservação do Pantanal pelo aumento de áreas de produção sob manejo, sustentável.” Declarou Nilson de Barros, vice-presidente da ABPO e também produtor pantaneiro. 

    NOTICIA POLICIAL.

    Dono de chácara mata pescador a tiros em Ibiporã


    Um homem de 40 anos foi morto dentro da chácara Velho do Galo na estrada do Cupido, na zona rural de Ibiporã, na tarde desta terça-feira (27).

    Segundo informações da Polícia Militar, Wilson Neves teria entrado na área particular para pescar em um córrego que corta os fundos da propriedade.

    Uma mulher que estaria com a vítima afirma que o dono da chácara deu dois tiros para o alto e rendeu o homem, que levantou as mãos. No entanto, mesmo assim o idoso de 67 anos teria disparado contra as costas de Neves, que veio a óbito no local.

    Durante as buscas, a polícia encontrou a espingarda calibre 22, utilizada no crime escondida em uma mata. Além disso, a PM ainda localizou uma escopeta calibre 12 e munições dentro da residência do idoso.

    O suspeito continua sendo procurado pelos policiais.