sexta-feira, 28 de agosto de 2015

Evangelho segundo S. Marcos 6,17-29.


Naquele tempo, o rei Herodes mandara prender João e algemá-lo no cárcere, por causa de Herodíades, a mulher do seu irmão Filipe, que ele tinha tomado por esposa.
João dizia a Herodes: «Não podes ter contigo a mulher do teu irmão». 
Herodíades odiava João Baptista e queria dar-lhe a morte, mas não podia, 
porque Herodes respeitava João, sabendo que era justo e santo, e por isso o protegia. Quando o ouvia, ficava perturbado, mas escutava-o com prazer. 
Entretanto, chegou um dia oportuno, quando Herodes, no seu aniversário natalício, ofereceu um banquete aos grandes da corte, aos oficiais e às principais personalidades da Galileia. 
Entrou então a filha de Herodíades, que dançou e agradou a Herodes e aos convidados. O rei disse à jovem: «Pede-me o que desejares e eu to darei». 
E fez este juramento: «Dar-te-ei o que me pedires, ainda que seja a metade do meu reino». 
Ela saiu e perguntou à mãe: «Que hei-de pedir?». A mãe respondeu-lhe: «Pede a cabeça de João Baptista». 
Ela voltou apressadamente à presença do rei e fez-lhe este pedido: «Quero que me dês sem demora, num prato, a cabeça de João Baptista». 
O rei ficou consternado, mas por causa do juramento e dos convidados, não quis recusar o pedido. 
E mandou imediatamente um guarda, com ordem de trazer a cabeça de João. O guarda foi à cadeia, cortou a cabeça de João 
e trouxe-a num prato. A jovem recebeu-a e entregou-a à mãe. 
Quando os discípulos de João souberam a notícia, foram buscar o seu cadáver e deram-lhe sepultura. 

LIDIANÓPOLIS.

NESTA SEXTA FEIRA DIA 28 DE AGOSTO ACONTECEU O GRANDIOSO BAILÃO  EM LIDIANÓPOLIS.

Sucesso no bailão do grupo da melhor idade da cidade de Lidianópolis. O evento contou com a presença do grupo da melhor idade da cidade de Lunardelli, e outras cidades da nossa região. Agradecimento especial as secretarias de assistência social e prefeituras municipal de Lidianópolis e Lunardelli, também as equipe de saúde que participaram do evento realizando o encerramento da campanha do agosto azul e da semana da saúde do homem, as equipes do CRAS e CREAS, foram parceiras na realização do baile  que reuniu varias pessoas que passaram uma tarde inesquecível em Lidianópolis. A organização  e realização foi Edivaldo Viana e Rose Betim.














 









DEPUTADA ESTADUAL MARIA VICTORIA BORGHETTI.

Escolas já podem escolher livros didáticos para 2016

“Foi um período de grande aprendizado”, diz Maria Victoria no encerramento do período legislativo

livros didáticos
Começa hoje (28) o prazo para a escolha dos livros didáticos que serão utilizados pelos alunos do 1º ao 5º ano do ensino fundamental a partir do ano que vem. Professores, diretores e coordenadores educacionais das redes públicas de ensino têm até o dia 8 de setembro para indicar as obras mais adequadas ao projeto pedagógico de cada escola no sistema eletrônicodo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE).
Para auxiliar na escolha, o FNDE disponibilizou o Guia de Livros Didáticos 2016, com resenhas e informações de cada uma das obras aprovadas para o Programa Nacional do Livro Didático (PNLD).
De acordo com o FNDE, o PNLD 2016 apresenta duas novidades em relação a edições anteriores. Esta será a primeira vez que estudantes dos anos iniciais do ensino fundamental receberão livros de arte – no PNLD 2015, alunos do ensino médio já foram contemplados. Além disso, os professores terão duas opções em relação aos componentes de ciências, história e geografia. Podem optar por obras específicas de cada uma dessas disciplinas ou escolher a coleção integrada de ciências humanas e da natureza.
Como regra básica, devem ser selecionadas duas opções de cada disciplina, de editoras diferentes. Caso não seja possível a aquisição dos livros da editora da primeira opção, o FNDE negociará as obras da segunda. Caso o colégio não acesse o sistema ou não registre opção em nenhum momento, será encaminhado, compulsoriamente, um dos títulos aprovados para o PNLD 2016 de cada componente curricular.
O PNBL tem por objetivo prover as escolas públicas de ensino fundamental e médio de livros didáticos e acervos de obras literárias, obras complementares e dicionários. A cada ano, o FNDE adquire e distribui livros para todos os alunos de determinada etapa de ensino, repõe e complementa os livros reutilizáveis para outras etapas. Um mesmo período recebe todos os livros novos a cada três anos.
Nesta edição do PNLD, serão selecionadas obras didáticas de todos os componentes curriculares do 1º ao 5º ano do ensino fundamental. O FNDE negocia a aquisição das obras com as editoras e, em função da escala da compra, consegue preços bem abaixo dos praticados no mercado. A previsão é de comprar cerca de 50 milhões de exemplares, em benefício de 10,4 milhões de alunos dos anos iniciais do ensino fundamental.
Edição: Graça Adjuto

NACIONAL.

Dilma diz que país irá superar crise sem ‘nadinha’ de amargura e ódio

A presidente Dilma Rousseff afirmou nesta sexta-feira (28), durante evento em Caucaia (CE), que o país irá superar a crise sem “nadinha” de amargura e ódio. Ao participar da cerimônia de entrega de unidades habitacionais do programa Minha Casa, Minha Vida, ela também pediu “muito amor no coração” para o Brasil vencer as dificuldades.
Em meio a uma crise econômica, Dilma tem dito em eventos dos quais participa que as dificuldades enfrentadas pelo Brasil são “momentâneas” e que o governo tem adotado medidas para superá-las. Ao considerar 2015 um ano de “travessia” no cenário econômico, a presidente tem declarado que nos próximos anos será possível retomar o crescimento e a geração de empregos com redução da inflação.
“O Brasil, hoje, é um país democrático e um país que sabe superar suas dificuldades. Como todos os países do mundo, nós temos a garra de superar as nossas dificuldades. Mas tem uma característica especial: nós superamos isso com muita esperaça e muito amor no coração, e com nadinha de amargura ou de ódio. Nós somos um país tolerante, que respeita os outros e que quer ver seus filhos e filhas sendo criados em um mundo de paz”, declarou.
G1

OLHA ESSA.

Boneco inflável do ex-presidente Lula é montado no viaduto

boneco lula
Um boneco inflável gigante do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva com roupa de presidiário foi montado na tarde desta sexta-feira na frente da Prefeitura de São Paulo, no Viaduto do Chá, na região central de São Paulo. Pela manhã, o boneco foi montado na Ponte Octávio Frias de Oliveira, a Ponte Estaiada, na Zona Sul.
Segundo Ricardo Costa, líder nacional e coordenador nacional do Vem Pra Rua, a ação é realizada por movimentos de combate à corrupção.  Ele mantém segredo sobre os locais onde o boneco será montado.
Procurado pelo G1, o Instituto Lula não quis comentar o ato.
Segundo Costa, o boneco chamado popularmente de “Lula Inflado” tem 15 metros de altura, 100 kg quando está vazio e 500 kg quando fica cheio de ar. A alegoria foi idealizada por Ricardo Honorato, do Movimento Brasil, e há uma congregação de forças com o Vem pra Rua para essa ação. O boneco apareceu pela primeira vez nas manifestações do dia 16 em Brasília.

FAXINAL.

Carreta com toras tomba na PRC 272

        
  Uma carreta Scania  (modelo Romeu e Julieta) da empresa Siqueira  Serviços Florestais, de Telêmaco Borba, com a inscrição da transportadora Vovó Gema, que seguia de Telêmaco para Rio Branco do Ivaí, tombou na Rodovia PR272 entre Faxinal e Cruzmaltina, na altura do Bairro Biquinha, que fica bem próximo de Faxinal. Segundo os Patrulheiros Rodoviários:  Cabo Carneiro e Marcondes, o motorista Rosnei Rodrigues Bueno, declarou que transportava toras, quando o último compartimento saiu da pista e provocou o tombamento de toda carreta. Rosnei e um ajudante ficaram com escoriações, mas apenas o ajudante, que também é motorista, precisou ser socorrido. Dezenas de toras de madeira se espalharam pela Rodovia deixaram a pista interditada.  Máquinas da prefeitura e de uma empresa de Faxinal, ajudaram na limpeza da via, onde se formou uma longa fila de carro nos dois sentidos. Todas as providência foram tomadas no local.   A Defesa Civil, de Faxinal e Polícia Rodoviária, estiveram local. (Fotos  João da Agrícola Vassoler; Clóvis Maia da Defesa Civil e Berimbau da Rádio Nova Era)  

ESTADUAL.

Tempestade. Mais de 3 mil pessoas foram afetadas pelo vendaval que atingiu o Paraná nessa madrugada. As equipes da Defesa Civil e de outros órgãos trabalham desde a primeira hora de hoje para solucionar casos como falta de energia, queda de árvore, destelhamento. Ao todo foram danificadas 745 residências em 20 cidades mas não há registro de pessoas feridas, desabrigadas ou desalojadas. O trabalho do Simepar foi fundamental para evitarmos maiores danos, o instituto emitiu um alerta 15 horas antes da tempestade orientando a população sobre o risco de vendaval e fortes chuvas. Não há risco de novos temporais para os próximos dias, apenas tempo instável em todo o Estado nesta sexta. Uma abençoada noite para todos.

LIDIANÓPOLIS.

Nesta sexta feira dia  28 de agosto a Escola Rosa Alves APAE de Lidianópolis fez a  exposição dos trabalhos feito  pelos alunos e professores. Foram várias pessoas foram prestigiar os trabalhos desenvolvido pelos alunos e professores. A exposição marcou o encerramentos da semana nacional do excepcional que é de 21 a 28 de agosto.