sexta-feira, 11 de agosto de 2017

RIO DE JANEIRO.



Ressaca provoca ondas de até 4 metros, fecha ciclovia e atrai surfistas.
Homem observa o mar no momento em que uma onda explode ao seu lado lado devido à forte ressaca no Arpoador, Zona Sul do Rio de Janeiro (Foto: André Melo/Futura Press/Estadão Conteúdo)
A ressaca que atinge o Rio a partir desta sexta-feira (11) traz ondas de até quatro metros à orla, segundo a Marinha. A Ciclovia Tim Maia foi interditada às 7h15, no trecho entre São Conrado, na Zona Sul, e Barra da Tijuca, na Zona Oeste.
Apesar dos alertas, muitos surfistas aproveitam a ressaca para surfar ondas de tamanhos acima do comum no Rio. Pela manhã e início da tarde, os locais de maior concentração foram na Macumba, Zona Oeste, e no Arpoador, Zona Sul.
Fechamanto de ciclovia
A medida de segurança tem como objetivo proteger ciclistas e pedestres que passam pelo costão de São Conrado, devido ao mar bastante e com altas ondas. O registro de ondas com mais de dois metros de altura e período de pico maior do que 15 segundos, um dos protocolos para o fechamento, criado após desabamento parcial da ciclovia na Avenida Niemeyer, em abril de 2016 – dois homens morreram no acidente e o trecho segue interditado até hoje.
Ainda por conta da ressaca, a prefeitura recomenda que as pessoas não permaneçam em mirantes e locais próximos ao mar durante a ressaca e que respeite a sinalização nas praias e na ciclovia. Pescadores também devem evitar navegar com o mar alto e agitado.
Desde terça-feira (8) está sendo divulgado o aviso de ressaca emitido pela Marinha do Brasil que prevê ondas entre 2,5 e quatro metros de altura. A validade deste comunicado emitido pela Marinha vai até as 9h de segunda-feira (14).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

o