segunda-feira, 17 de julho de 2017

BAIXA TEMPERATURA

Massa polar derruba temperaturas na maior parte do País

Pode nevar nas serras gaúcha e catarinense; em Londrina, mínima será de 7 graus na terça-feira

Uma massa de ar polar deve chegar ao Brasil está semana. A mudança brusca de temperatura no Paraná já será sentida nesta segunda-feira (17). De acordo com o Simepar, há previsão de geada negra na madrugada de segunda para terça-feira nas regiões Sudoeste e Sul.

A condição de umidade elevada e frio pode provocar ocorrência de chuva congelada e até de neve em municípios da divisa com Santa Catarina, principalmente nas áreas de serras entre Clevelândia, Palmas e General Carneiro.

A temperatura em Londrina não deve ultrapassar os 20 graus nesta segunda, com mínima prevista de 12º. Os termômetros devem registrar mínima de 7º na terça-feira. O frio deve ceder um pouco na sexta-feira (mínima de 10º e máxima de 22º).

Segundo o CPTEC/Inpe (Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos, do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais), o ar polar acompanhará uma frente fria que se desloca pelo Brasil e atingirá além da região Sul do país, o sudoeste do Amazonas, Acre e Rondônia e parte do Mato Grosso.

Poderá nevar nas serras gaúcha e catarinense nesta segunda e terça-feira. Em junho, cidades catarinenses como Urupema, São Joaquim, Urubici, Bom Jardim da Serra e Irani já registraram neve. Trata-se da mesma massa da ar polar que passou por Santiago no sábado (14) e causou a maior nevasca da capital chilena desde 1971. Argentina e Uruguai também serão afetados. (Com agências.)
Reportagem Local/FOLHA DE LONDRINA

Nenhum comentário:

Postar um comentário

o