segunda-feira, 12 de junho de 2017

VEJA O VÍDEO

Temer diz que aproximam país da ditadura

O presidente Michel Temer se disse vítima de denúncias “artificiais e montadas” e afirmou que instituições públicas que cometem ilícitos aproximam o país da ditadura. Em vídeo publicado na internet nesta segunda-feira, o peemedebista disse que não permitiu nem permitirá “intromissão” entre Poderes. A fala de Temer vem depois de a revista “Veja” publicar que o presidente acionou a Agência Brasileira de Inteligência (Abin) para investigar o ministro do Supremo Tribunal Edson Fachin, relator da Lava-Jato na Corte. Temer é investigado no STF por corrupção passiva, obstrução de Justiça e organização criminosa.
— O Estado democrático de Direito não admite que as instituições públicas e seus responsáveis cometam ilegalidades sob quaisquer justificativas. O caminho que conduz da Justiça aos justiceiros é o mesmo caminho trágico que conduz da democracia à ditadura — declarou Temer, que afirmou que atribuíram ao governo denúncias “artificiais e montadas”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

o