sexta-feira, 30 de junho de 2017

POLÊMICA

 Suposta cassação de mandato em Lunardelli

Na cidade de Lunardelli, informações extraoficiais dão conta da cassação de mandato de dois vereadores. Nossa reportagem esclarece 
Nossa reportagem, Blog do Berimbau, foi provocada por moradores de Lunardelli, que queriam saber se é real a informação de que dois vereadores do município, que são: Claudinei Francisco de Sousa, o "Bili Gancho", do PP, que foi o mais votado nas eleições de 2016 (350 votos), e José Carlos de Mendonça, o "Mendonça" do PSDB, quarto colocado com 207 votos, haviam sido cassados pela Comarca de São João do Ivaí.  O motivo, é que no pleito eleitoral do último ano, constava a regra que  exige uma cota de 30%  de mulheres nas chapas de vereadores ou coligações. Ocorre que em Lunardelli, alguns partidos teriam preenchido as vagas com nomes que apenas constaram no registro de candidaturas, mas que não fizeram campanhas.  Um correligionário disse ao Blog do Berimbau que uma das candidatas teve apenas um voto e ela mesmo teria dito  a Justiça eleitoral, que não fez campanha e que de fato, não era candidata, o que configura crime eleitoral. CARTÓRIO ELEITORAL  - No Cartório Eleitoral, o funcionário, que atendeu nossa reportagem, disse que o processo segue em segredo de Justiça e afirmou  que não podia passar informações. Questionamos o motivo do segredo de justiça em algo que é de interesse público, mas a informação é que a divulgação não está autorizada.  Outro detalhe importante, é que o Chefe do Cartório Eleitoral explicou que a cassação na Comarca, não afasta os vereadores imediatamente, porque é necessário que o processo esteja transitado e julgado, ou seja, os vereadores só vão perder o mandato quando perderem os recursos nas duas outras instâncias (Curitiba e Brasília). DIRETO DE REPOSTA- Nossa reportagem não conseguiu falar com "Bili Gancho", e confirmar se realmente ele é um dos alvos da ação, mas conseguimos contato com José Carlos Mendonça, o qual negou que ja teve o mandato cassado, mas confirmou que responde a ação de crime eleitoral. "Existe um ação, mas nós temos o direito ao recurso, e desta forma vamos provar que somos inocentes e que o mandato pertence a nós".  A reportagem o Blog do Berimbau, continua acompanhando.  Berimbau.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

o