quarta-feira, 17 de maio de 2017

VEJA ESSA NOTÍCIA.

Adolescente velou feto no quintal de casa após aborto forçado pela mãe em MS.
Feto foi enterrado em caixa de sapato no quintal da casa, diz polícia (Foto: Polícia Civil de MS/ Divulgação)
A adolescente de 17 anos, obrigada pela mãe a abortar o feto de 5 meses, foi contra o procedimento e chegou a velar o corpo do bebê antes de enterrá-lo em uma caixa de sapato no quintal de casa, segundo apurado pela Polícia Civil.

O caso aconteceu no bairro Guanandi, em Campo Grande, em março de 2017, e a mãe da adolescente, um pedreiro e uma enfermeira foram presos nesta terça-feira (16), durante operação contra aborto.
A delegada Aline Sinnott, da Delegacia Especializada de Atendimento à Infância e Juventude (Deaij), informou que o feto foi encontrado no dia 15 de março, após denúncia do pai da criança. O bebê estava dentro de uma caixa de sapatos, que foi enterrada uma cova de 1,60 cm de profundidade.
“A menina velou o corpo, com três rosas e um terço e enterrou, com zelo de quem não queria o aborto. Ela ligou desesperada para o namorado na época e contou detalhes [do aborto]. O feto, de 21 semanas, foi velado em caixa de sapato”, afirmou Aline.
Na época, a polícia foi até a casa da família, onde encontrou o feto, e a adolescente confessou ter feito o aborto sozinha, mas, alguns detalhes chamaram a atenção, segundo o delegado Bruno Urban, como o fato da garota não ter calos nas mãos.
"Alguém que não tenha experiência na lida vai ter bolhas nas mãos se usar uma enxada, e ela não tinha nada", afirmou Urban.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

o