segunda-feira, 7 de agosto de 2017

REFORMA

Previdência vira prioridade de gogó

Salvo da guilhotina pela Câmara, Michel Temer saiu do prazo de garantia. Não é mais o presidente reformista que prometia ser. E não tem ideia do que será. Na dúvida, esforça-se para demonstrar que ainda não saiu do prazo de validade.
Neste domingo, realizou uma reunião cenográfica de trabalho, a primeira desde o sepultamento da denúncia que o acusa de corrupção. Foi até o Planalto. Mandou chamar a imprensa. E exibiu-se para as lentes. Queria passar para o empresariado, antes da abertura do mercado nesta segunda-feira, uma sensação de que sua preocupação ainda pode ser útil.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

o