sábado, 5 de agosto de 2017

PROTESTO

Caminhoneiros protestam contra aumento de combustíveis

Caminhões parados no pátio do posto Santana em Manoel Ribas
Caminhões parados no pátio do posto Santana em Manoel Ribas
Na tarde de ontem, dia 3 de agosto, havia, aproximadamente, 200 caminhões parados no pátio do Auto Posto Santana em Manoel Ribas, protestando contra o aumento dos combustíveis. Além do ponto de bloqueio à passagem dos caminhões na rodovia PR-466, os manifestantes também montaram piquetes no trevo da rodovia PR-487 no sentido a Cândido de Abreu. A movimentação tem como objetivo chamar a atenção para o recente aumento na alíquota do PIS/Confins, que fez com que o valor dos combustíveis, especialmente gasolina e diesel, subisse cerca de R$ 0,40 por litro.
Segundo os manifestantes parados em Manoel Ribas, esse aumento no preço, praticamente, inviabiliza a atividade, já que os valores dos fretes estão defasados e o combustível é o principal custo.
À exceção de cargas vivas e produtos perecíveis, caminhões estavam sendo parados pelos manifestantes, mesmo que estivessem vazios. Carros de passeio, veículos de atendimento de emergência e ônibus passavam sem problemas pelo local.
Na noite desta quinta-feira, 3 de agosto, um juiz federal de Macaé (RJ), aceitou uma ação popular e suspendeu novamente o aumento de combustíveis. Na manhã desta sexta-feira, dia 4 de agosto, não havia mais movimentação de caminhoneiros no pátio do Posto Santana. Já em frente ao Posto Romagnolo, na rodovia PR-487, a paralisação durou a noite toda, mas na manhã desta sexta-feira, a Polícia Rodoviária Estadual determinou a liberação da rodovia e dos caminhoneiros que não quisessem fazer parte do movimento paradista.
Fonte Parana Centro

Nenhum comentário:

Postar um comentário

o