sexta-feira, 11 de agosto de 2017

EXCLUSIVO

Esposa que matou marido PM diz que foi estuprada por ele

A mulher, que ficou presa no Complexo Médico Penal, na Região Metropolitana de Curitiba (RMC), conversou com exclusividade com a reportagem da RICTV

Francielle falou pela primeira vez. Foto: Reprodução/RICTV.
*Com informações da repórter Tais Santana, RICTV Curitiba
Francielle Carolina Moscaleski, a esposa que assumiu ter matado o marido, Cássio Ormond Araújo, tenente da Polícia Militar (PM), conversou com exclusividade com a equipe da RICTV Curitiba nesta quinta-feira (11). A jovem, que saiu da prisão na tarde desta quinta-feira (10), disse o motivo de ter cometido o crime.
O pedido de liberdade foi concedido pela Justiça, depois que a juíza Mychelle Pacheco Cintra Stadler, da 1ª Vara do Tribunal do Júri, revogou a prisão preventiva. No pedido, a defesa alegou que a jovem agiu em legítima defesa, pois no dia do crime teria sido estuprada pelo marido. Ela teria conseguido se soltar do marido e atirou contra ele. Até então, Francielle não falava qual tinha sido o motivo do crime.
Na entrevista, Francielle disse que foi estuprada pelo tenente da PM e deu outros detalhes sobre a relação dos dois. Segundo a mulher, ela era obrigada a manter relações sexuais com outros homens na frente do policial, para que ele sentisse prazer.
Veja a reportagem:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

o