sábado, 8 de julho de 2017

ROMANELLI

Deputado Romanelli quer Dia da Consciência Negra como feriado estadual

O líder do governo na Assembleia Legislativa, deputado Luiz Cláudio Romanelli (PSB), apresentou projeto que pretende transformar o Dia da Consciência Negra em feriado estadual. O relator da proposta na Comissão de Constituição e Justiça, deputado Fernando Scanavaca (PDT), apresentou parecer contrário, alegando que a iniciativa é inconstitucional, porque envolveria matéria de competência exclusiva da União. A Câmara Municipal de Curitiba chegou a aprovar a criação de um feriado na Capital para celebrar a data, mas a medida foi derrubada pela Justiça.
Prejuízo
A Federação das Associações Comerciais e Empresariais do Paraná (Faciap), divulgou ontem nota afirmando que “a importância do Dia da Consciência Negra é inegável”, mas que “neste momento em que a economia do país começa a dar sinais de recuperação, a criação de um novo feriado pode prejudicar a retomada de crescimento”.

“Acreditamos que a data deve ser celebrada, mas com atividades educativas e outras ações, sem parar o país e sem afetar a economia, que avança lentamente”, diz o presidente da Faciap, Marco Tadeu Barbosa. Com base no PIB de Paraná, dividido pelo número de dias úteis no ano, o prejuízo com um dia de paralisação seria de aproximadamente R$ 500 milhões, segundo a entidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

o