quarta-feira, 12 de julho de 2017

NORTE DO PARANÁ

Copel melhora capacidade de distribuição de energia em 13 municípios do Norte do Paraná

Duas importantes obras executadas pela Copel para aumentar a capacidade de distribuição de energia elétrica no Norte do Estado estão na fase final. Os investimentos somam R$ 18 milhões em melhorias nas subestações e também nas redes que levam energia para a cidade e o campo. O trabalho acontece em Apucarana e Astorga, mas beneficia a distribuição de energia elétrica a outros 13 municípios da região. Em Apucarana, a subestação localizada na região do Jardim Ponta Grossa teve dois transformadores substituídos por equipamentos maiores, o que resultou na duplicação da potência instalada. Além de atender domicílios do município, a energia transformada nesta unidade também é levada a Cambira, Califórnia, Marumbi, Kaloré, Marilândia do Sul, Rio Bom e a uma parte de Arapongas. Já nasubestação Cristo Rei, quatro novos circuitos de distribuição são construídos - três deles estão em estágio de finalização. Na subestação localizada em Astorga, o transformador já instalado também foi trocado por outro de maior potência e um segundo equipamento foi incluído na unidade. Com o trabalho, a potência disponível de transformação aumentou duas vezes para o sistema que opera em 34,5 mil volts e quadruplicou para a distribuição em 13,8 mil volts, passando de 21 para 83 megavolt-ampère.  Na prática, o município passa a contar com mais energia disponível para a expansão do consumo e também de novas ligações, assim como as vizinhas Jaguapitã, Munhoz de Melo, Pitangueiras e Sabáudia. Atendendo um universo de 4,5 milhões de ligações em sua área de concessão, este ano a Copel foi eleita novamente a melhor distribuidora de energia do Brasil. Foi a sexta vitória em sete anos na categoria Avaliação do Cliente do prêmio concedido pela Associação Brasileira das Distribuidoras de Energia Elétrica. Na mesma premiação, entregue recentemente em Brasília, a empresa também foi reconhecida como a melhor do setor elétrico brasileiro, na categoria Responsabilidade Social.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

o