domingo, 9 de julho de 2017

Evangelho segundo S. Mateus 9,18-26.


Naquele tempo, estava Jesus a falar aos seus discípulos, quando um chefe se aproximou e se prostrou diante d’Ele, dizendo: «A minha filha acaba de falecer. Mas vem impor a mão sobre ela e viverá». 
Jesus levantou-Se e acompanhou-o com os discípulos. 
Entretanto, uma mulher que sofria um fluxo de sangue havia doze anos, aproximou-se por detrás d’Ele e tocou-Lhe na fímbria do manto, 
pensando consigo: «Se eu ao menos Lhe tocar no manto, ficarei curada». 
Mas Jesus voltou-Se e, ao vê-la, disse-lhe: «Tem confiança, minha filha. A tua fé te salvou». E a partir daquele momento a mulher ficou curada. 
Ao chegar a casa do chefe e ao ver os tocadores de flauta e a multidão em grande alvoroço, 
Jesus disse-lhes: «Retirai-vos, porque a menina não morreu; está a dormir». Riram-se d’Ele. 
Mas quando mandou sair a multidão, Jesus entrou, tomou a menina pela mão e ela levantou-se. 
E a notícia divulgou-se por toda aquela terra. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

o