domingo, 2 de julho de 2017

Evangelho segundo S. João 20,24-29.


Naquele tempo, Tomé, um dos Doze, chamado Dídimo, não estava com eles quando veio Jesus. 
Disseram-lhe os outros discípulos: «Vimos o Senhor». Mas ele respondeu-lhes: «Se não vir nas suas mãos o sinal dos cravos, se não meter o dedo no lugar dos cravos e a mão no seu lado, não acreditarei». 
Oito dias depois, estavam os discípulos outra vez em casa e Tomé com eles. Veio Jesus, estando as portas fechadas, apresentou-Se no meio deles e disse: «A paz esteja convosco». 
Depois disse a Tomé: «Põe aqui o teu dedo e vê as minhas mãos; aproxima a tua mão e mete-a no meu lado; e não sejas incrédulo, mas crente». 
Tomé respondeu-Lhe: «Meu Senhor e meu Deus!». 
Disse-lhe Jesus: «Porque Me viste acreditaste: felizes os que acreditam sem terem visto». 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

o