domingo, 16 de julho de 2017

CASAMENTO DA MARIA VICTORIA

Ministro, pai de deputada cujo casamento foi alvo de protesto, diz que ‘tudo correu como deveria’

Maria Victoria chegando ao casamento na noite de sexta-feira (14) (Foto: Giuliano Gomes/PRPRESS)
O ministro da Saúde, Ricardo Barros, afirmou neste sábado (15) que o casamento da filha Maria Victoria, que é deputada estadual do Paraná pelo Partido Progressista (PP), “correu como deveria”.
O evento realizado na noite de sexta-feira (14), em Curitiba, foi alvo de protesto, com “chuva de ovos”. Houve inclusive um confronto entre a Polícia Militar (PM) e os manifestantes.
Cerca de mil convidados foram casamento, sendo que a capacidade do Palácio Garibaldi é para 500 pessoas. O local é tombado pelo Patrimônio Histórico do Paraná.
“Nós estamos em uma democracia. Nada do que estava previsto deixou de acontecer no casamento a não ser que a noiva queria ir a pé da Igreja do Rosário ao Palácio Garibaldi, mas tudo correu como deveria e, evidentemente, a pré-candidatura da vice-governadora Cida Borghetti [PP] ao Governo do Paraná foi o motivo da reação da esquerda nesse momento”, afirmou o ministro. Cida Borghetti é esposa de Ricardo Barros e mãe de Maria Victoria.
Por meio de nota, Maria Victoria afirmou, assim como pai, que “tudo transcorreu dentro da normalidade”. A deputada lamentou as agressões físicas e verbais aos convidados e afirmou que é o “preço da democracia”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

o