sábado, 17 de junho de 2017

Evangelho segundo S. Mateus 9,36-38.10,1-8.


Ao ver as multidões, encheu-Se de compaixão, porque andavam fatigadas e abatidas, como ovelhas sem pastor. Jesus disse então aos seus discípulos: 
«A seara é grande, mas os trabalhadores são poucos. 
Pedi ao Senhor da seara que mande trabalhadores para a sua seara». 
Jesus chamou doze discípulos e deu-lhes poder de expulsar os espíritos malignos e de curar todas as enfermidades e doenças. 
São estes os nomes dos doze apóstolos: primeiro, Simão, chamado Pedro, e André, seu irmão; Tiago, filho de Zebedeu, e João, seu irmão; 
Filipe e Bartolomeu; Tomé e Mateus, o publicano; Tiago, filho de Alfeu, e Tadeu; 
Simão, o Cananeu, e Judas Iscariotes, que foi quem O entregou. 
Jesus enviou estes Doze, dando-lhes as seguintes instruções: «Não sigais o caminho dos gentios, nem entreis em cidade de samaritanos. 
Ide primeiramente às ovelhas perdidas da casa de Israel. 
Pelo caminho, proclamai que está perto o reino dos Céus». 
Curai os enfermos, ressuscitai os mortos, sarai os leprosos, expulsai os demónios. Recebestes de graça; dai de graça. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

o