quarta-feira, 17 de maio de 2017

VEJA ESSA NOTÍCIA.



Suspeito de cometer assédio sexual com aluna de 11 anos, professor da rede pública  é demitido.
Menina de 11 anos diz que professor passou a mão nas partes íntimas dela (Foto: Reprodução/EPTV)
O contrato do professor de 68 anos suspeito de assediar uma estudante de 11 anos dentro da sala de aula na escola estadual Octáviol Pimenta Reis, em Limeira (SP) foi extinto pela Diretoria de Ensino de Limeira nesta quarta-feira (17), segundo a Secretaria Estadual de Educação.
De acordo com a aluna, o professor de matemática tentou beijá-la a força e passou a mão nas suas partes íntimas em 4 de maio.
‘Foi assim eu tava arrumando as carteiras, porque a gente tinha feito trabalho em grupo e aí eu fui a última a sair (da sala). Então, o professor entrou na frente, fechou a porta, mas antes disso ele tinha me pedido para esperar um pouco. Aí eu falei, tá bom. Aí ele tentou me beijar, eu virei o rosto e ele passou a mão na minha parte íntima", conta a estudante’.
Depois do ocorrido, o professor abriu a porta da sala de aula e a menina foi embora para casa com uma vizinha. A menina contou para mãe, que resolveu registrar um boletim de ocorrência na Delegacia de Defesa da Mulher (DDM).
O professor foi intimado a depor na DDM e alegou para a equipe da EPTV, afiliada da Globo, que não poderia conceder entrevista, porque a escola não permitia. As investigações descobriram que o docente já tinha sido suspeito de cometer estupro em 1980 na cidade de Pirassununga (SP)
A delegada da DDM pediu à Justiça a prisão preventiva do professor, mas ela foi negada. Ele responderá o processo em liberdade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

o