quinta-feira, 18 de maio de 2017

FOTOS E FATOS.

Deputado protocola pedido de impeachment contra Michel Temer

deputado Alessandro Molon (Rede-RJ) acaba de protocolar um pedido de impeachment contra o presidente Michel Temer. Ele entregou o pedido ao presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia.
“O fundamento principal é o artigo da Constituição que diz que se comportar de modo incompatível com a honra é causa para a cassação do mandato. Temer cometeu crime de responsabilidade. O governo acabou”, disse.
Confusão no Senado Federal
Entre nervoso e empolgado, o senador Lindbergh Farias interrompeu a sessão deliberativa assim que ficou sabendo sobre a gravação que Joesley Batista e seu irmão Wesley fizeram de Temer dando o aval para compra do silêncio de Cunha.
Primeiro o Senado ficou num estranho silêncio, depois o senador Magno Malta, PR/ES, iniciou uma discussão, “é o sujo falando do mal lavado. E delação agora vale? Quando a delação é contra o PT não vale, se é contra o Temer vale. A delação do Palocci não vai valer, mas essa vai?”.
José Medeiros, senador do PDT pelo Mato Grosso, também pediu a palavra e se disse triste com a empolgação de Lindbergh Farias, que a notícia dada como se algo bom tivesse acontecendo no Brasil era lamentável e fez coro a Magno Malta a dizer que às vezes o que a imprensa denuncia vale, às vezes não.
Todo mundo queria a palavra, a confusão no Senado foi tanta que a PEC do foro privilegiado, que estava sendo discutida, não conseguiu progredir e teve que ser adiada para terça-feira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

o